No dia 14 de setembro, das 10h às 20h, acontece a 5ª edição do Festival Red Bull Besement, um dos eventos de tecnologia mais esperados do ano. A programação reúne diversas atrações como debates, oficinas, exposição e exibições de filmes que vão tomar conta do Red Bull Station gratuitamente.

Com o tema “Visualizações de Mundos” e curadoria do artista visual Claudio Bueno, o evento reflete sobre a multiplicidade de saberes, corpos, tempos, espaços e modos de vida existentes.  Confira aqui uma entrevista com o curador.

O objetivo é estimular a reflexão sobre os imaginários e visualizações gerados pelas tecnologias digitais, bem como suas ferramentas, softwares, códigos e aparelhos. Para isso, a galeria principal recebe quatro obras audiovisuais contemporâneas que dialogam com o tema do festival, como “Descrito Como Real”, que intercala imagens de maquetes eletrônicas de grandes obras de intervenção urbana da cidade de Fortaleza com materiais de arquivo da NASA. Outro destaque é o curta-metragem “Afronauts”, sobre a corrida espacial na Zâmbia na década de 1960. “Nos vídeos, os diretores se utilizam das tecnologias para pensar mundos, seja pelo viés econômico, social, tecnológico ou de construção das cidades, e usam a perspectiva de diferentes culturas e corpos, levando em consideração seus repertórios e formações”, explica Claudio.

No auditório, o astrônomo indígena Germano Afonso, PHD no assunto, abordará as tecnologias e modos de visualização dos céus a partir da perspectiva afro-ameríndia presente no contexto brasileiro. A experiência poderá ser complementada com uma sessão em um planetário inédito montado na laje do Red Bull Station, que receberá grupos para observar constelações afro-indígenas a cada 20 minutos.

O evento traz ainda experimentações e protótipos dos residentes do Red Bull Basement em 2019, em que os participantes discutirão suas preocupações urgentes no contexto atual brasileiro relativas às intersecções das tecnologias com o meio ambiente e à sustentabilidade, às noções de circularidade econômica, à educação e às pedagogias DIY (Do it Yourself), à acessibilidade e à inclusão social. Eles convidam nomes importantes da pesquisa científica nacional, como o biólogo Marcos Buckeridge, para ampliar o debate.

Nos workshops, os visitantes vão praticar e experimentar. Haverá a produção de narrativas audiovisuais em realidade virtual (VR), oferecida pela pesquisadora e artista Lyara Oliveira. Outras informações estão em www.redbull.com.br/festivalbasement

SERVIÇO

Festival Red Bull Basement

Quando: 14 de setembro, sábado, das 10h às 20h

Onde: Red Bull Station

Endereço: Praça da Bandeira, 127, Centro – São Paulo/SP

*A entrada e todas as atividades são gratuitas

Classificação: Livre

 

Anterior Gabriel, o Pensador troca “Lôraburra” por “Evolua”
Próximo 3ª São Paulo Oktoberfest disponibiliza ingressos solidários para apoiar a Cruz Vermelha

Nenhum comentário

Deixe uma resposta