Desde 2008 o iPhone Photography Awards elege as melhores fotos tiradas com iPhones ao redor do mundo. Qualquer pessoa pode participar com tanto que use algum modelo da marca e edite as fotos usando apenas apps  IOS. O resultado deste ano acabou de sair e o brasileiro Gabriel Ribeiro , de 17 anos, levou o primeiro lugar na categoria ‘Retratos’. Confira as imagens vencedoras

 

Grande Prêmio / Sebastian Tomada - EUA
Grande Prêmio / Sebastian Tomada – EUA

 

 Fotógrafo do ano / Brendon O Se - Irlanda
Fotógrafo do ano / Brendon O Se – Irlanda

 

 América, eu sei / Foto Juan Carlos Castañeda - EUA
América, eu sei / Foto Juan Carlos Castañeda – EUA

 

Animais / Francesca Tonegutti - Itália
Animais / Francesca Tonegutti – Itália

 

Abstrato / Foto: Christopher Armstrong - Austrália
Abstrato / Foto: Christopher Armstrong – Austrália

 

Arquitetura / Foto: Paddy Chao - Taiwan
Arquitetura / Foto: Paddy Chao – Taiwan

 

Floral / Foto: Sidney Po - Filipinas
Floral / Foto: Sidney Po – Filipinas

 

Paisagem / Foto: Christian Horgan - Austrália
Paisagem / Foto: Christian Horgan – Austrália

 

Crianças / Foto: Szymon Felkel - Escócia
Crianças / Foto: Szymon Felkel – Escócia

 

Estilo de Vida / Foto: Nick Tombola - USA
Estilo de Vida / Foto: Nick Tombola – USA

 

Natureza / Foto: Aaron Sandberg - USA
Natureza / Foto: Aaron Sandberg – USA

 

Notícias/Eventos / Samuel Nacar -
Notícias/Eventos / Samuel Nacar –

 

Outro / Foto: Darren Boyd - Inglaterra
Outro / Foto: Darren Boyd – Inglaterra

 

Panorama / Nick Trombola - USA
Panorama / Nick Trombola – USA

 

Pessoas / Dina Alfasi - Israel
Pessoas / Dina Alfasi – Israel

 

iphone18
Série / Foto: Joshua Sariñana – EUA

 

Still Life / Foto: David Hayes -
Still Life / Foto: David Hayes

 

Pôr do sol/ Foto: Kuanglong Zhang - China
Pôr do sol/ Foto: Kuanglong Zhang – China

 

Viagens / Foto: Pollack Bianco - EUA
Viagens / Foto: Pollack Bianco – EUA
Árvores / Foto: Magail Chesnel - França
Árvores / Foto: Magail Chesnel – França

 

 

Anterior Museu da Pessoa convida público a contar histórias que fazem sorrir
Próximo A infância de Luiz Gonzaga em HQ

Nenhum comentário

Deixe uma resposta