A partir do dia 1º de maio a Av. Paulista será palco da exposição “Os Trabalhadores e os 100 Anos do Samba”, projeto idealizado pela União Geral dos Trabalhadores (UGT) e que  faz parte das comemorações pelo dia mundial do trabalho. A exposição se estenderá por cerca de 1km da via – Com início na Rua Augusta  até a Pamplona –  e contará 30 painéis de 4 metros de altura com fotos de grandes ícones do samba e de momentos históricos em que o ritmo contribuiu de forma decisiva para traçar novos caminhos para o trabalhador brasileiro. As pessoas poderão ver imagens de Donga, que registrou o primeiro samba, Pixinguinha, Clementina de Jesus, Nelson Cavaquinho, Cartola, Noel Rosa, Adoniran Barbosa, Assis Valente, Jackson do Pandeiro, Zé Keti, Paulo Vanzolini, Geraldo Filme, Martinho da Vila, João Nogueira, Ataulfo Alves, Bezerra da Silva, Dona Ivone Lara, Chico Buarque, Clara Nunes e Jorge Aragão.

O objetivo da exposição é mostrar que o samba está intimamente ligado aos trabalhadores, afinal as rodas de samba eram realizadas depois de um dia cansativo de trabalho ou, segundo alguns historiadores, como uma forma de criticar a burguesia e mostrar a realidade do trabalho assalariado.“O samba não é só uma manifestação cultural, mas também um símbolo de luta e inclusão social. Pensamos em uma exposição em que o trabalhador se visse parte dela, se identificasse. Vários sambistas, antes de tudo, em sua maioria, eram trabalhadores: Cartola trabalhou como lavador de carros, Adoniran foi entregador de marmitas e por aí vai. E o palco de tudo isso será, mais uma vez, a Avenida Paulista. Esta é, certamente, uma das maiores exposições do mundo”, revela o presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo e da União geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah.

A produção da exposição é da Maná Produções e Eventos. Já a pesquisa da mostra ficou a cargo do jornalista Celso de Campos Jr – autor da biografia de Adoniran Barbosa – e a seleção de fotos da DOC Galeria, escritório de fotografia, dos sócios Fernando Costa Netto e Mônica Maia.

SERVIÇO

Exposição 1º de Maio União Geral dos Trabalhadores – Os Trabalhadores e os 100 Anos do Samba

Quando: a partir do dia 1º de maio até o dia 30 de maio

Onde: Avenida Paulista – São Paulo

 

DOC_Noel_Rosa_expo100anosdosamba
Noel Rosa
Adoniran_Barbosa_Crédito_acervoAdoniran2
Adoniran Barbosa

 

 

 

Anterior App oficial dos Jogos Olímpicos oferece desafios para novos músicos e fotógrafos
Próximo Carreta Furacão inspira documentário sobre a cultura dos trenzinhos

Nenhum comentário

Deixe uma resposta